Logotipo NAU

Agenda


« August 2014 »
Mo Tu We Th Fr Sa Su
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
RSS

Arquivos por data

Grupos de Pesquisa

O NAU (Núcleo de Antropologia Urbana), vinculado ao Departamento de Antropologia  da FFLCH/USP, é composto por seis grupos de pesquisa:

NAU – Cidades

A proposta desse grupo de estudo das cidades e das práticas culturais que ocorrem no contexto urbano é voltar-se para as múltiplas relações que se estabelecem no e com o espaço urbano. Entende-se a cidade como um lugar fundamental de trocas e de estabelecimento de vínculos sociais na contemporaneidade.  Leia mais

GEU – Grupo de Etnologia Urbana

O Grupo de Etnologia Urbana (GEU) do NAU, com base em dados recentes que apontam para uma significativa presença indígena nas cidades, propõe-se considerar os desdobramentos dessa realidade com base numa estratégia teórico-metodológica que articule as contribuições tanto da Etnologia como da Antropologia Urbana. Leia mais

GERM – Grupo de Estudos da Religião na Metrópole

Reúne alunos e pesquisadores que integram a linha de pesquisa Religiosidades Urbanas. Abarcando o campo religioso por meio de recortes empíricos diversos (evangélicos, espiritismo, catolicismo, judaísmo, seicho-no-iê, hare krishna, santo daime, etc.), esse grupo se articula a partir de discussões de textos de autores “clássicos” e contemporâneos visando aprofundar o entendimento do fenômeno da religião enquanto categoria sociológica e prática social. Leia mais

NAU  Acervo

O NAU – Núcleo de Antropologia Urbana da USP – possui um acervo de aproximadamente 650 trabalhos de final de curso dos alunos da disciplina Metodologia III (Pesquisa de Campo), ministrada pelo Professor Dr. José Guilherme Cantor Magnani desde 1984. Este acervo pode ser caracterizado como um conjunto de pesquisas sobre a cidade de São Paulo, cujos temas e espaços estudados foram definidos através do método etnográfico e das teorias antropológicas. Leia mais

NAU Migração 

O grupo iniciou suas atividades no final de 2009 e agrega pesquisadores que vão da graduação a pós-graduação (mestrado e doutorado). O tema de pesquisa inicial envolvia aspectos relativos aos descendentes de imigrantes japoneses vindos ao Brasil – nikkeis – e ao movimento dekassegui – nikkeis de até terceira geração (sanseis) ou cônjuges de nikkeis sanseis que emigram rumo ao Japão para trabalhar, principalmente, no setor secundário da escala produtiva. Leia mais

GESD - Grupo de Estudos Surdos e da Deficiência

Desde 2001, em sintonia com o processo histórico-social que levou ao reconhecimento jurídico da língua brasileira de sinais (libras) como meio legal de comunicação e expressão (Lei Federal 10.436/2002), o Núcleo de Antropologia Urbana da USP desenvolve pesquisas no âmbito da surdez e língua de sinais, com a intenção de compreender a elaboração da surdez como particularidade étnico-lingüística, algo desenhado no Brasil em domínios acadêmicos, religiosos e políticos.  Leia mais

Desenvolvido em Wordpress
Gustavo T. Santos